85 3045-9947 Rua Padre Pedro de Alencar, 221 – Messejana – Fortaleza-CE. Acesso ao portal EAD
Olá visitante, registre-se ou faça seu login

Nossos Cursos

Não espere muito tempo para dar uma engrenada no seu futuro, planeje uma carreira de sucesso através de um de nossos cursos profissionalizantes! 

Mais de 70% dos trabalhadores, autônomos e com carteira assinada, se profissionalizaram antes de procurar vagas no mercado de trabalho. Faça como eles! A DATA CENTER CURSOS E TREINAMENTOS tem os melhores e mais atuais cursos. Não disperdice esta oportunidade, capacite-se!

INSCREVA-SE AGORA MESMO EM QUALQUER UM DE NOSSOS CURSOS PROFISSIONALIZANTES E APROVEITE!

Super Bombeiro Civil

Professor: Data Center
Categoria: Treinamentos
https://www.datacenter.emp.br/imagens/uploads/imgs/cursos/823x341/banner_curso.jpg
MATRICULAR
71 participantes
INÍCIO DO CURSO: 17/11/2019
18 Meses - 350+ horas

Descrição do Curso

Em virtude da alta procura por Bombeiros Civis mais completos para atuar em diversas instâncias desta profissão, a DATA CENTER CURSOS desenvolveu uma forma que atendesse a grande demanda de mercado e conseguiu unir 3 categorias em uma única, formando assim um SUPER BOMBEIRO CIVIL PROFISISONAL.

Bombeiro Civil - É uma profissão regulamentada e está registrada no MTE com o CBO (código brasileiro de ocupação) de número 5171-10, possui lei federal de número 11.901 que estipula quais os diretos e deveres desta profissão e também está registrada na ABNT-NBR 14.608 esta determina toda administração e treinamentos como também a quantidade de bombeiros civis por planta e área de risco.

Socorrista Resgatista - Ter uma equipe de socorristas dentro da sua empresa é uma importante estratégia para garantir o bem-estar dos funcionários e colaboradores. Diante de uma situação de risco, ter profissionais capacitados para exercer os primeiros socorros pode ser determinante para a segurança do trabalhador. A equipe poderá dar um atendimento mais ágil à vítima, graças ao tempo poupado no deslocamento.

Guarda-Vidas Civil - Os salva-vidas — ou guardiões de piscina — são profissionais devidamente treinados para evitar acidentes e realizar salvamentos em ambientes aquáticos. A presença desses profissionais em piscinas coletivas é de suma importância para garantir a segurança e integridade física dos banhistas.

Na hora de procurar um lugar para se divertir com a família, sobretudo as crianças, é necessário ter certeza de que o local escolhido para banho está cumprindo com as normas de segurança e conta com o número de salva-vidas necessário.

Fazendo o curso SUPER BOMBEIRO CIVIL PROFISSIONAL (bombeiro civil + socorrista resgatista + guarda-vidas de piscinas) você leva ainda os principais treinamentos da NORMA REGULAMENTADORA:

NR 23 - Prevenção contra incêndio;

NR 33 - Espaço confinado;

NR 35 - Trabalho em altura.

Torne-se um profissional completo e a tenda os requisitos exigidos pelas empresas, MATRICULE-SE AGORA!.

Módulos

  • Históricos e estatísticas de incêndios da região e de outras localidades . Aspectos legais (normas, regulamentação e legislação em todas as esferas governamentais pertinentes) relacionadas à responsabilidade do bombeiro profissional civil. Os quatro elementos formadores da combustão, as formas de propagação do calor, as temperaturas do fogo, os métodos de extinção do fogo, a classificação dos incêndios, os principais agentes extintores, unidade extintora e capacidade extintora, as fases do combate ao fogo, o Flashover, o Backdraft, o Blave e o Boil Over.
  • Os conceitos gerais de prevenção, educação e proteção contra incêndio, noções de proteção passiva e proteção ativa, isolamento de risco, compartimento vertical e horizontal, noções de resistência das estruturas e dos materiais ao fogo, e Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Os equipamentos fixos e portáteis de combate a incêndio, saídas de emergências, escadas de segurança, corredores e rotas de fuga, sistema de iluminação de emergência, elevadores de segurança, meios de aviso, detecção e alarme de incêndio e sinalização de emergência.
  • Demonstrar os principais procedimentos para o funcionamento de sistema de meios de fuga: saídas de emergência, escadas de segurança, corredores e rotas de fuga: dos sistemas de iluminação de emergência, do elevador de segurança, dos meios de aviso, detecção e alarme de incêndio, da sinalização de emergência.
  • As principais técnicas de busca e exploração de área em sinistro, ventilação natural ou forçada (pressão negativa, venturi e positiva), entradas forçadas, resgate de vítimas, confi namento, isolamento, salvatagem, combate com emprego correto dos tipos de jatos de água (neblina, cone de força e sólido), emprego, dimensionamento e técnicas de aplicação de espuma mecânica e rescaldo de incêndio. Demonstrar a montagem de uma linha direta  de combate a incêndio, a partir de um hidrante e ou viatura, linha adutora e linha siamesa . Demonstrar o uso de linha de água para ataque direto, ataque indireto e ataque combinado.
  • Demonstrar as principais técnicas de busca e exploração da área em sinistro, ventilação natural ou forçada, (pressão negativa, venturi e positiva), entradas forçadas, resgate de vítimas, confinamento, isolamento, salvatagem, combate com emprego correto dos tipos de jatos de água (neblina, cone de força sólido), emprego, dimensionamento e técnicas de aplicação de espuma mecânica e rescaldo de incêndio. Demonstrar a montagem de uma linha direta de combate a incêndio, a partir de um hidrante e/ou viatura,  linha adutora e linha siamesa. Demonstrar o uso de linha de água para ataque direto, ataque  indireto  e ataque combinado.
  • Os tipos e a operação de: extintores (portáteis e extintores sobre rodas, com carga de água, pó BC, pó ABC, CO2, halotrom etc.),  hidrantes:  (predial, de coluna e subterrâneo), mangotinho, mangueiras de incêndio (tipo I, II, III, IV e V), chaves de mangueira (simples e mista), redutores, tampões e adaptadores para mangueiras e hidrantes, derivantes, válvula de recalque, passagem de nível, barrilete, esguichos (de jato sólido, regulável, formador e auto-edutor de espuma) e proporcionadores de espuma (de linha e de sistema).
  • Demonstrar na prática a operação de: extintores (portáteis e extintores sobre rodas, com carga de água, pó BC, pó ABC, CO2, hologram e etc), hidrantes (predial, de coluna e subterrâneo), mangotinho, mangueiras de incêndio (tipos I, II, III, IV e V), chaves  de mangueira (simples e mista), redutores, tampões e adaptadores para mangueiras e hidrantes, derivantes, válvula de recalque, passagem de nível, barrilete, esguichos (do jato sólido, regulável, formador e auto-edutor de espuma) e proporcionadores de espuma (de linha e de sistema).
  • Os equipamentos e os principais procedimentos de emergências para o correto funcionamento de bombas (elétricas e a combustão), chuveiros automáticos (sprinklers) e sistemas fixos de combate a incêndio (com espuma mecânica, gases e etc.), como transportar e armar uma escada prolongável, conhecer como operar no mínimo as seguintes ferramentas de corte, arrombamento e remoção (machado, machado-picareta, corta-a-fio, croque, alavanca simples, alavanca pé-de-cabra e ferramentas hidráulicas de corte e tração), conhecer lanternas e refletores portáteis para iluminação, conhecer o emprego de uma lona para salvatagem.
  • Demonstrar na prática o conhecimento dos equipamentos e os principais procedimentos de emergência para o correto funcionamento de bombas (elétricas e a combustão),
  • chuveiros automáticos (sprinklers) e o sistema fixos de combate a incêndio (com  espuma mecânica, gases e etc.). Demonstrar na prática como transportar e armar uma escada prolongável, como operar ferramentas de corte, arrombamento e remoção (machado, machado-picareta, corta-a-fio, croque, alavanca simples, alavanca pé-de-cabra e ferramentas hidráulicas de corte e traça), como operar lanternas e refletores portáteis para iluminação, como usar uma lona para salvatagem.
  • Conhecer a legislação que regulamenta os procedimentos de primeiros-socorros para nível equivalente a Bombeiro Profissional Civil. Conhecer os procedimentos para avaliação da segurança do local, número de vítimas e os procedimentos de biossegurança. Conhecer os procedimentos para acionamento dos serviços públicos e privados de socorro de vítimas e as ações para localização dos hospitais de referência nas proximidades do local de trabalho. Conhecer os procedimentos para o planejamento das ações conforme definido previamente no plano de emergência da planta. Conhecer os riscos iminentes, os mecanismos de lesão, número de vítimas e o exame físico destas. Conhecer os sinais e sintomas de obstrução em adultos, crianças e bebês conscientes e inconscientes. Conhecer as técnicas de RCP para adultos, crianças e bebês.
  • Avaliar e reconhecer os riscos iminentes, os mecanismos de lesão, número de vítimas e o exame físico destas. Conhecer os sinais e sintomas de obstruções em adultos, crianças e bebês conscientes e inconscientes, e promover a desobstrução. Praticar as técnicas de RCP.
  • Conhecer e utilizar os equipamentos semiautomáticos para desfibrilação externa precoce, conhecer os sinais, sintomas e técnicas de prevenção e tratamento, conhecer as técnicas hemostasia, aplicar as técnicas de prevenção e tratamento do estado de choque. Aplicar as técnicas de contenção de hemorragias, conhecer as fraturas abertas e fechadas e técnicas de imobilizações. Identificar os tipos de ferimentos localizados. Conhecer os tipos (térmicas, químicas e elétricas) e os graus (primeiro, segundo e terceiro) das queimaduras.
  • Aplicar as técnicas de imobilizações, aplicar os cuidados específicos em ferimentos. Aplicar as técnicas e procedimentos de socorro de queimaduras. Aplicar as técnicas de atendimento.
  • Reconhecer AVC (Acidente Vascular Cerebral), dispneias, crises hiper e hipotensiva, IAM (Infarto agudo do miocárdio), diabetes e hipoglicemia. Conhecer as técnicas de transporte de vítimas clinicas e traumáticas com suspeita de lesão na coluna vertebral, aplicar as técnicas de movimentação, remoção e transporte de vítimas.
  • Conhecer as técnicas de abordagem, cuidados e condução de acordo com o plano de emergência da planta. Conhecer as ações de avaliação, zoneamento, triagem e método start para acidentes e incidentes que envolvam múltiplas vítimas. Conhecer a reação das pessoas em situações de emergências e a administração do estresse após incidentes críticos para os profissionais de emergência, aplicar na prática as técnicas que envolvam múltiplas vítimas.
  • Conhecer os princípios de funcionamento de um elevador e as emergências específicas, conforme recomendações de cada fabricante de elevador. Conhecer os principais riscos no pouso de helicóptero e os principais procedimentos de segurança para balizamento, embarque e desembarque de passageiros e procedimentos de controle em caso de emergência, envolvendo incêndio e resgate de vítimas. Conhecer as principais recomendações de u plano de emergência, relativas a uma emergência contra incêndio, hostilidades em casos de ameaças de bombas e terrorismo, uma emergência de abandono de área em uma planta, conforme a ABNT NBR 15219.
  • Demonstrar os principais procedimentos de segurança para balizamento, embarque e desembarque de passageiros e procedimentos de controle em caso de emergência, envolvendo incêndio e resgate de vítimas
  • Conhecer as normas e procedimentos para resgate de vítimas em espaço confinados, aplicar as técnicas e os equipamentos para resgate de vítimas em espaços confinados.
  • Conhecer as técnicas para resgate de vítimas em altura, aplicar as técnicas e utilização dos equipamentos para resgate de vítimas em altura.
  • Conhecer as principais atribuições do bombeiro profissional civil estabelecidas nesta norma. Conhecer os sistemas de comunicação por voz (fixa e móvel) e dados. Conhecer o código alfabeto fonético. Conhecer o código de pronúncia de números. Conhecer os procedimentos de inspeção preventiva. Conhecer um relatório padronizado de acompanhamento de trabalhos de risco, de inspeções e de acidentes. Conhecer os padrões de inspeção visual e de teste de funcionamento de extintores de incêndio, conforme normas brasileiras especificadas para cada tipo de extintor. Conhecer como são realizados os teste de abertura e vedação de um hidrante predial. Conhecer como é feito o preenchimento de um relatório de incêndio em conformidade com a ABNT NBR 14023. Conhecer os procedimentos para efetuar a troca de um bico de chuveiro automático (sprinklers) . Conhecer as recomendações para inspeção, manutenção e cuidados com as mangueiras de incêndio, conforme as normas ABNT NBR 11861 e ABNT NBR 12779. Conhecer os procedimentos para acionar os serviços públicos locais de atendimento a emergências (Corpo de Bombeiros, SAMU, Defesa Civil, Polícia, Agência Ambiental e/ou outras de responsabilidade local) . Conhecer os tipos de para-raios e os procedimentos de inspeção visual nos cabos e conectores. Conhecer as características, tipos, princípios de funcionamento e os procedimentos de segurança e emergência em caldeiras e vasos sob pressão. Conhecer os geradores, conjuntos motobomba e moto-ventiladores, suas aplicações, operação e manutenção preventiva. Conhecer os tipos de armazenagem e instalações de gases (no mínimo GN, GLP, oxigênio, acetileno, nitrogênio, cloro e amônia) e procedimentos de emergência.
  • Demonstrar na prática como operar os sistemas de comunicação por voz (fixa e móvel) e dados, usando o código alfabeto fonético e o código de pronúncia de números, exercitar o preenchimento de relatórios padronizados de acompanhamento de trabalhos de risco, de inspeções e de acidentes. Demonstrar na prática como são realizados os testes de abertura e vedação de um hidrante predial, exercitar o preenchimento de um relatório de incêndio em conformidade com a ABNT NBR 14023. Demonstrar na prática os procedimentos para efetuar a troca de um bico de chuveiro automático (sprinklers).
  • Conhecer os equipamentos de proteção individual para proteção da cabeça, olhos e face, proteção auditiva, proteção respiratória, tronco, membros superiores, membros inferiores e corpo inteiro, em conformidade com as normas brasileiras específicas para combate a incêndio, nacionais e na falta de normas brasileiras, adotar as normas internacionais. conhecer e saber a origem e os riscos de exposição a no mínimo os seguintes tipos de gases: asfixiantes: gás liquefeito de petróleo (GLP), gás metano (CH4), dióxido de carbono (CO2) e acetileno, gases tóxicos: monóxido de carbono (CO), sulfídrico (H2S) e cianídrico (HCN) e gases irritantes ou corrosivos: amônia (NH2) e cloro. Conhecer as características de atmosfera insalubre por concentração de O2. Conhecer a utilização e a higienização e limpeza dos seguintes equipamentos de proteção respiratória: máscaras filtrantes e conjunto de máscara autônoma de ar respirável e máscara dedicada para vítima (carona), saber calcular a autonomia do conjunto mascara autônoma. Conhecer e saber identificar a finalidade dos dados impressos nos cilindros de ar respirável.
  • Vestir os EPI e EPR. Demonstrar a utilização (montar o equipamento, equipar-se e deslocar-se com e sem vítima, demonstrar o equipamento), higienização e limpeza dos equipamentos de proteção respiratória, exercitar o cálculo da autonomia do conjunto máscara autônoma.
  • Conhecer a legislação que regulamenta a identificação, transporte, armazenamento, manipulação e as emergências envolvendo produtos perigosos. Conhecer as classes de riscos, os sistemas de identificação, painel de segurança, rótulo de risco, ficha de emergência e FISPQ. Conhecer e saber consultar o manual de emergências com produtos perigosos da ABIQUIM/PRÓ-QUÍMICA.
  • Conhecer os equipamentos de proteção individual e respiratória de nível A, B e C específicos para atendimento a produtos perigosos. Conhecer o sistema de organização da área do sinistro em zonas de segurança, apoio e de acesso limitado (quente, morna e fria). Conhecer os equipamentos e métodos de contenção e confinamento de derramamento de produtos perigosos. Conhecer as técnicas de resgate de vítimas contaminadas por produtos perigosos e descontaminação de vítimas e ambientes.
  • Demonstrar na prática o conhecimento dos equipamentos de proteção individual e respiratória nível A, B e C, específicos para atendimento a produtos perigosos. Demonstrar na prática a aplicação e utilização de barreiras de contenção, absorção, mantas absorventes, matérias adsorventes e absorventes orgânicos. Demonstrar na prática as técnicas de resgate de vítimas contaminadas e descontaminação de vítimas e ambientes.
  • Conhecer os conceitos e ferramentas para melhorar a percepção e a identificação dos perigos, bem como análise e avaliação de riscos e sua consequência minimização ou eliminação. Discutir os riscos específicos e o plano de emergência contra incêndio de no mínimo os seguintes tipos de planta: serviço de hospedagem, comercial, shopping center, indústria química, indústria metalúrgica, depósito e local de reunião pública.
  • Participar de visita supervisionada pelo instrutor em no mínimo um dos seguintes tipos de planta: serviço de hospedagem, comercial, shopping center, indústria química, indústria metalúrgica, depósito e local de reunião pública.

Módulo - I

  • Abertura do Curso
  • Introdução ao Atendimento Pré-Hospitalar
  • Legislação Aplicada ao Atendimento Pré-Hospitalar e Ética Profissional
  • Sistema de Emergências Médica no Brasil – SAMU – Bombeiro e órgãos privados
  • Cursos de Especializações no Campo das Emergências Médicas
  • Protocolos, Comitês Internacional em Urgências e Emergências Médicas.
  • Protocolos do Sistema de Atendimento Médico de Urgências - SAMU

 
Módulo – II

Introdução ao Atendimento de Vitima – I

  • Analise da Cena:
  • Riscos Primários e Riscos Secundários na Cena.
  • Analise da Cena - Acidente Envolvendo Produtos Químicos.
  • Analise da Cena - Acidente Envolvendo Espaços Confinados.
  • Analise da Cena - Atendimento em Ribanceiras.
  • Analise da Cena - Atendimento em Rodovias.
  • Analise da Cena - Atendimento em zona de Confrontos.
  • Analise da Cena - Atendimento em Áreas Classificadas.
  • Analise da Cena - Área Envolvendo Energia Elétrica
  • Contenção de Riscos no Atendimento Pré-Hospitalar
  • Delimitação das Zonas: Quente, Morna e Fria no APH.

Módulo – III

  • Atendimento Pré-Hospitalar no Trauma e Biomecânica do Trauma
  • Cinemática do Trauma 
  • Introdução a Cinemática dos Traumas
  • As Leis de Newton Aplicadas à Biomecânica do Trauma
  • Sequência do Trauma
  • Tipos de Acidentes e a Biomecânica do Trauma
  • FAF, FAB, Queda de Altura, Explosões, Atropelos
  • Cavitação Permanente e Temporária no Trauma
  • Reconhecendo as Possíveis Lesões Através da Biomecânica do Trauma

Módulo – IV

Atendimento ao Traumatizado – I

  • Analise Primária Protocolo: ABCDE do Trauma 
  • Finalidade do Protocolo e Aplicação
  • Reconhecimento e Aplicação da Letra “A”
  • Reconhecimento e Aplicação da Letra “B”
  • Reconhecimento e Aplicação da Letra “C”
  • Reconhecimento e Aplicação da Letra “D”
  • Reconhecimento e Aplicação da Letra “E”

Atendimento ao Traumatizado – II

  • Analise Secundária
  • Finalidade e Aplicação
  • Aplicação da Letra “E”

Módulo – V

  • Trauma Torácico
  • Lesões Penetrantes e Contusas no Tórax
  • Pneumotórax
  • Hemotórax
  • Tórax Instável
  • Tamponamento Cardíaco.
  • Atendimento ao Traumatizado
  • Trauma Abdominal
  • Penetrante e Contusa
  • Atendimento ao Traumatizado
  • Trauma de Crânio
  • TCE
  • Escala de Coma de Glasgow
  • Atendimento ao Traumatizado
  • Trauma Raquimedular

Módulo – VI

  • Ferimentos
  • Hemorragias
  • Hemorragia Externa
  • Hemorragia Interna
  • Tipos de Choque:
  • Reconhecimento e Tratamento do Choque
  • Choque Hipovolêmico
  • Distributivo
  • Choque Cardiogênico
  • Curativos e Bandagens

Módulo – VII

  • Lesões Músculo Esquelético
  • Anatomia e Fisiologia
  • Lesões Musculares
  • Entorses
  • Luxação
  • Fraturas
    • 5.1- Fraturas Fechadas
    • 5.2- Fraturas Exposta
  • Imobilização
  • Estação  de Apresentação e Reconhecimento de  equipamentos
  • Aplicação de Colar Cervical
  • Uso de Talas Moldáveis e Rígidas
  • Aplicação do Imobilizador Toracolombar – KED 
  • Prancha Rigida
  • Praticas em  Cenários
  • Transporte de Vítima

Módulo – VIII

Emergência Clinica I - BLS

  • Introdução ao Suporte Básico de Vida
  • Protocolo – AHA
  • Corrente da Vida para  Adulto e Pediátrico
  • Anginas
  • Causas de Infarto e Parada Cardíaca no Trauma
  • Golden Hour no BLS
  • OVAC no Adulto, Criança e Bebês.
  • PCR- Parada Cárdio Pulmonar em Adulto, Criança, Bebês e Neonato.
  • Parada Respiratória
  • RCP no Adulto, Criança, Bebê e Neonato.
  • RCP em Casos Especiail
  • DEA /Desfibrilador Externo Automático no BLS
  • Introdução
  • Legislação
  • Conceito de Desfibriladores
  • Ritmos Chocáveis e não Chocáveis
  • FV, TV, AESP e ASSITOLIA.
  • Sistema de Condução elétrica do coração
  • Riscos e Cuidados no uso do Desfibrilador -DEA
  • Práticas com DEA - Desfibrilador Externo Automático
  • Oxigenoterapia no Trauma
  • Introdução a Oxigenoterapia
  • Anatomia e Fisiologia Respiratória
  • Casos de Hipóxia e Hipoxemia
  • Reconhecimento da Necessidade da Ministração de O2
  • Cuidados e Riscos na Ministração de O2
  • Acessórios para Ministrar O2
  • BVM, Pocket  Mask , Máscara com Reservatório e Óculos Nasal.
  • Práticas

Módulo IX

Emergência Clinica – II

  • Convulsões
  • AVC ou AVE – Escala de Cincinnat
  • Desmaios (Sincop)
  • Hipoglicemia e Hiperglicemia – Uso de Destro
  • Crises Hipertensivas, Coma Diabético e Hipotensão Arterial.
  • Técnica para Aferir Pressão Arterial com Aparelho
  • Emergências Respiratórias
  • Emergências Ambientais
  • Insolação e  Intermação
  • Hipotermia
  • Congelamento
  • Vitima de Afogamento em Meio liquido
  • Queimaduras
  • Térmicas
  • Químicas
  • Elétrica
  • Baixa Temperatura
  • Tratamento

Módulo - X

  • Emergências Psiquiátrica  no APH

Módulo – XI

  • Atendimento ao Acidentes Ofídicos

Módulo – XII

  • Atendimento ao Parto de Emergência no APH
  • Introdução ao Parto de Emergência
  • Anatomia e Fisiologia da Gestante
  • Avaliação Inicial
  • Entrevista
  • Identificação de Parto Iminente
  • Assistência ao Parto de Emergência
  • Trabalho de Parto
  • Amparo e Recepção do RN
  • Cuidados no Pós Parto
  • Complicações no Parto
  • Riscos  Durante o Parto
  • Transporte

Módulo - XIII

  • Atendimento a Multiplas Vítimas - Método START

Módulo - XIV

  • Resgate de Vítima em Ribanceira

Módulo - XV

  •  Técnicas na Utilização de Extintores ( aulas práticas)

 Módulo - XVI

  • Resgate Veicular (vitimas)
  • Reconhecimento e Procendimentos em Ambulância

Para se certificar o guarda-vidas de piscina deverá cumprir, ter conhecimento e ser capaz de realizar todos os itens abaixo logo após a sua formação:

  • Ter conhecimento sobre a história do salvamento aquático e ressuscitação no Brasil e no Mundo.
  • Ter conhecimento sobre o que acontece no Brasil e no Mundo em termos de estatística de afogamento.
  • Saber reconhecer os 6 anéis da cadeia de sobrevivência do afogado.
  • Saber reconhecer as diferentes formas de prevenção de afogamento em piscinas.
  • Saber como proceder em tempestades.
  • Saber reconhecer um potencial afogado fora e dentro da água e reconhecer um afogamento em curso.
  • Saber reconhecer as características de piscinas tais como: Construção, atividade e riscos, anexos, ambiente, departamento médico, e recursos materiais.
  • Saber reconhecer as características de parques aquáticos e similares, tais como:
  • orientar banhistas, tipos de atrações, redução de riscos de acidentes, sistemas de comunicações, recursos humanos e funções.
  • Saber reconhecer as medidas de segurança do guarda-vidas de piscina.
  • Saber reconhecer as medidas de vigilância e atuação.
  • Saber reconhecer as diferentes formas de quando e como acionar socorro de apoio (resgate especializado e médico).
  • Simular um salvamento sem entrar na água a uma distancia mínima de 10m.
  • Realizar um salvamento na piscina sem equipamento em vítima consciente a uma distancia de 25m, com técnicas de entrada, aproximação, abordagem, reboque e retirada da piscina em menos de 2 minutos.
  • Realizar um salvamento com um rescue-tube em vítima consciente a uma distancia de 25m em menos de 2 minutos.
  • Realizar um salvamento sem equipamento em vítima inconsciente distante no mínimo 25m.
  • Realizar um salvamento com rescue-tube em vítima inconsciente distante no mínimo 25m.
  • Realizar a abertura de vias aéreas, a checagem da respiração e simular um bocaa-boca dentro da água em vítima inconsciente. Sem equipamento e com rescuetube.
  • Realizar uma simulação de um socorro a uma vítima com suspeita de trauma cervical. 
  • Saber quando se suspeita de TRM. Saber como utilizar a prancha de imobilização.
  • Transportar uma vítima consciente e uma inconsciente em área seca por 25 m.
  • Saber posicionar a vítima na borda da piscina para os primeiros socorros.
  • Demonstrar habilidades para realizar os 8 passos do suporte básico de vida na areia (reconhecer a cena, checar a resposta da vítima, chamar por ajuda, abrir vias aéreas, checar a respiração, realizar um boca-a-boca, checar pulso carotídeo e sinais de circulação, e realizar a compressão cardíaca). Em lactentes, crianças e adultos, com um e dois socorristas.
  • Saber quando e como colocar a vítima em posição lateral de segurança.
  • Ter conhecimento do Sistema de Emergências Médica (SEM), e quando aciona-lo.
  • Saber realizar o exame primário.
  • Realizar os 6 passos do exame secundário (imobilização da coluna cervical, testar nível de consciência, expor a vítima, sinais vitais, anamnese resumida e palpação da cabeça aos pés).
  • Saber reconhecer e como proceder em emergências clínicas.
  • Saber reconhecer e como lidar em emergências traumáticas.
  • Saber reconhecer e como lidar com acidentes termo-elétricos.
  • Saber reconhecer e definir afogamento.
  • Saber reconhecer e as fases do afogamento.
  • Saber reconhecer e classificar o grau de afogamento.
  • Saber realizar o tratamento para cada grau de afogamento.
  • Ter conhecimento de quando começar e quando para a RCP em afogados.
  • Saber reconhecer o algoritmo básico de afogamento.
  • Saber reconhecer todas as peças de um cilindro de oxigênio com suas válvulas e circuitos e seu funcionamento. Saber como utiliza-lo segundo a classificação de afogamento.
  • Ter conhecimento de doenças típicas ao redor de um espelho de água e relacionadas a exposição solar.
  • Ter conhecimento de relação com o público.
  • Como reconhecer e proceder com crianças perdidas.
  • Ter conhecimento de seus direitos e deveres como profissional guarda-vidas de piscina. 

Avaliações

5 estrelas
4 estrelas
3 estrelas
2 estrelas
1 estrelas
Rinaldo
Informações sobre o curso.
Administrador
Olá, Simone muito boa noite! não se preocupe o fato de não saber nadar nada vai atrapalhar os seus cursos e treinamentos, você irá ficar desabilitada apenas em guarda-vidas de piscinas, más o restante estará ok. Pode fazer sua inscrição sem medo, lembrando são apenas 80 vagas.
Simone Teixeira
esse curso é bacana viu é tudo que um profissional dessa área precisa, más eu não sei nadar como vai ser posso fazer esse curso ?

Deixe seu avaliação

Sua avaliação: